InfoJoia

RSS

Acompanhe os conteúdos publicados no InfoJoia por RSS.

Todo o conteúdo do Infojoia – link do RSS

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
    NEWSLETTER



   FORNECEDORES

Cadastre sua empresa:

77 empresas cadastradas e aumentando ...
  • Aumentar fonte
  • Tamanho normal da fonte
  • Diminuir fonte
Dicas Imbraforte
01/02/16

Seguro morreu de velho

Tão importante quanto os aparatos de segurança, é o seguro contra roubos e assaltos


Cristiano Moraes

Encontrar notícias sobre assaltos e incursões de bandidos a joalherias tem sido notícia constante. Para termos uma ideia da realidade, o número de assaltos em estabelecimentos no Rio de Janeiro é o segundo maior em 10 anos. Já em São Paulo, as estatísticas de assaltos e roubos em shoppings que estavam caindo, voltaram a subir desde 2014. Mas então, o que fazer? Como assegurar estoques que muitas vezes valem ouro, literalmente?

Neste momento vale refletir que: “tão importante quanto os aparatos de segurança, é o seguro contra roubos e assaltos”. Infelizmente, neste aspecto, o seguro especializado para o mercado joalheiro é muitas vezes deixado de lado devido a sensação de segurança oferecida pelos equipamentos e outros serviços especializados.

Por isso, é importante ressaltar que, o seguro além de cobrir o estoque mantido no estabelecimento, oferece ainda os seguintes itens: coberturas externas para mercadorias em trânsito junto aos proprietários, portadores e representantes comerciais; mercadorias enviadas por correios ou malotes; exposição em feiras e eventos. Mais do que isso, algumas empresas especializadas oferecem apólices que são verdadeiras consultorias de segurança. Ao contatar estas empresas, um perito especializado se desloca até o cliente para avaliar o estabelecimento, apontar possíveis falhas e sugerir melhorias para aumentar a proteção contra potenciais sinistros.

Por último, é importante atentar que o seguro para joalherias ainda é bem restrito em função do alto risco inerente ao negócio e à vulnerabilidade das lojas. Por isso, fique ligado! Nem todas as seguradoras aceitam oferecer seguro para este ramo. Antes de contratar o serviço, é importante procurar profissionais realmente especializados e empresas com renome e tradição.

Mesmo que ao longo dos anos você tenha tido a sorte de não precisar utilizar o seguro, é melhor dormir tranquilo ciente de que está de fato protegido. Desta forma, aconselho que o seguro da joalheria seja visto como investimento e faça parte do planejamento da empresa. Os números do setor mostram que ter um seguro é fundamental para a sobrevivência após um sinistro. Pode ter certeza que isso é mais barato do que se imagina. Não deixe para depois, procure uma seguradora hoje mesmo e durma totalmente tranquilo.

 

* Cristiano Moraes é CEO do grupo Imbraforte Blindados, tem mais de 20 anos de atuação no segmento de alta segurança e prevenção de perdas, temas sobre os quais palestra no Brasil e no exterior. 


Cristiano Moraes

Nesta coluna, “Dicas Imbraforte" sobre segurança para joalherias e fábricas de joias, o especialista Cristiano Moraes vai compartilhar com os leitores do InfoJoia atitudes essenciais para proteger sua vida e patrimônio.

Mais
COMENTÁRIOS