InfoJoia

RSS

Acompanhe os conteúdos publicados no InfoJoia por RSS.

Todo o conteúdo do Infojoia – link do RSS

LEIA TAMBÉM
TAGS
  • Entrevista
  • Brigite Borja Mozota
  • Gestão de Design
  • Tecnogold
  • PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
        NEWSLETTER



       FORNECEDORES

    Cadastre sua empresa:

    77 empresas cadastradas e aumentando ...
    • Aumentar fonte
    • Tamanho normal da fonte
    • Diminuir fonte
    Tendências
    01/01/13

    Brigite Borja de Mozota

    Pioneira no estudo da Gestão de Design e doutora pela Sorbonne (Paris, França), é autora do livro “Design Management”, obra que já foi traduzida para 10 idiomas – inclusive português e chinês.


    Daniela Santos

    Brigite Borja de Mozota, pioneira no estudo da Gestão de Design e doutora pela Sorbonne (Paris, França), é autora do livro “Design Management”, obra que já foi traduzida para 10 idiomas – inclusive português e chinês. Autoridade no assunto, Brigitte foi uma das convidadas do ciclo de palestras da Tecnogold 2012. 

    No evento, Brigitte falou sobre como utilizar a Gestão de Design para construir uma marca de valor e inovação corporativa. Nesta entrevista, ela aborda alguns dos tópicos da sua apresentação e afirma: “design é uma ferramenta de gestão para criar valor e tem de ser gerido em todos os níveis de decisão”. 

    InfoJoia: O que é Gestão do Design? 
    Brigitte Borja: Gestão do Design diz respeito primeiramente à liderança para a atividade de design. Essa é a gestão que foca no design de produto e organizacional com funções separadas. A atividade do design deve ser gerenciada – assim como qualquer outra atividade humana – seja qual for o seu contexto de negócios: agência, freelancer, departamento interno (in house) de design. Inclui gestão do projeto de design, processo de design e seleção de métodos de pesquisa, CAD, apoio à prototipagem, orçamento, gerenciamento da equipe criativa, recrutamento de talentos, treinamento, desenvolvimento de carreira e de estratégias de design. 
    Mas Gestão do Design refere-se, também, a decidir sobre qual valor se quer criar através do design na empresa. Então, aqui, Gestão do Design é sobre liderança para o valor do projeto, inventando formas de integração do processo de design  aos processos das empresas. Esta gestão  foca no processo de gerenciamento e coordenação interfuncional. É sobre isso a minha pesquisa.  

    O que significa “design como vantagem competitiva” e “design como principal competência”, tópicos da sua palestra?
    Imagine que você lance diferentes projetos de design sucessivamente para seu produto, sua embalagem, seu site, seu local de varejo, seu catálogo. Trabalhando com diferentes designers, muito em breve não haverá coerência entre todos esses projetos e o DNA da sua marca, valor ou estratégias estarão perdidos. Sem contar a falta de direcionamento do design e narrativa visual da marca. A Gestão do Design pode auxiliar trazendo alguma coerência, com sua ideia de valor criado pelo design, orientada para o mercado ou dirigida pela percepção da marca. Essa é a vantagem competitiva através do valor do design vista como diferenciação dos seus concorrentes. 
    Quando o design é uma competência principal, enriquece o capital da empresa com uma visão de longo prazo. Você investe no departamento de design, você contrata talentos e você lhes dá educação contínua e o melhor ambiente de trabalho criativo. Esta é a teoria de estratégia chamada  Visão Baseada nos Recursos ou “Blue Ocean” (“Oceano Azul”). Você cria uma singularidade não iniciando pela comparação com seu concorrente. 

    Como a Gestão de Design é aplicada para gerar o desenvolvimento de valor de uma marca?
    Fundamentalmente em três níveis: do macroencônico para o microeconômico e, daí, para o produto / serviço e experiência total do cliente. Lembre-se sempre que você vende primeiro a marca Brasil, depois a marca da sua indústria e, finalmente, a sua marca. A Louis Vuitton, por exemplo, é uma marca de luxo francesa, antes de ser global. 

    Quais são as vantagens que a indústria de joias obtém ao investir em Gestão de Design?
    A indústria de joias trabalha especificamente com formas, cores, pedras e metais preciosos; uma indústria cujo modelo e estética são orientados para atender aos clientes em vários níveis de preços. Então devenos nos perguntar: quem é responsável pelo design? Quem coordena a linguagem de design? Provavelmente, o presidente ou muitas pessoas na empresa, todos tomando decisões de design, frequentemente sem formação em design ou mesmo sem a contribuição de um designer.
    Design  é  ferramenta de gestão para criar valor. Deve ser gerenciado em todos os níveis de decisão e o retorno  do investimento através do design deve ser medido e feito tangível no KPI (Key Perfomance Indicator- sistema de indicadores de desempenho) da empresa.


    ÚLTIMAS ENTREVISTAS DE Tendências
    06/02/13

    Feliz 2014!

    Patrícia Sant´Anna falou sobre as macrotendências de mercado, moda, consumo e comportamento para médio prazo. Conheça em primeira mão as pesquisas, afine suas antenas e feliz 2014!

    01/01/13

    Renato Meirelles

    Sócio-diretor do Data Popular, instituto especializado em desenvolver pesquisas e estratégias relacionadas aos público das classes C, D e E, falou ao InfoJoia sobre a Nova Classe Média, contingente que abriga mais de 50% dos brasileiros

    Tendências
    COMENTÁRIOS