InfoJoia

RSS

Acompanhe os conteúdos publicados no InfoJoia por RSS.

Todo o conteúdo do Infojoia – link do RSS

LEIA TAMBÉM
TAGS
  • Nova Classe Média
  • Poder Aquisitivo
  • Marketing
  • Varejo
  • Consumo
  • PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
        NEWSLETTER



       FORNECEDORES

    Cadastre sua empresa:

    77 empresas cadastradas e aumentando ...
    • Aumentar fonte
    • Tamanho normal da fonte
    • Diminuir fonte
    Tendências
    01/01/13

    Renato Meirelles

    Sócio-diretor do Data Popular, instituto especializado em desenvolver pesquisas e estratégias relacionadas aos público das classes C, D e E, falou ao InfoJoia sobre a Nova Classe Média, contingente que abriga mais de 50% dos brasileiros


    Daniela Santos

    Renato Meirelles, sócio-diretor do Data Popular, instituto especializado em desenvolver pesquisas e estratégias relacionadas aos público das classes C, D e E, falou ao InfoJoia sobre a Nova Classe Média, contingente que abriga mais de 50% da população brasileira e gasta R$ 55,7 milhões por ano com artigos de moda – inclusive joias.

    Ele explicou o que quer e como pensa essa população e afirmou que “é preciso trabalhar com os códigos que o consumidor conhece, além de oferecer um produto de qualidade com um preço que ele possa pagar, nem que seja em 1O vezes”. 

    Confira.

    InfoJoia: De que maneira a inserção de milhares de novos consumidores (da chamada Nova Classe Média) interfere na produção de tendências? Como atender a esse novo nicho de mercado?
    Renato Meirelles: A Nova Classe C representa mais de 50% da população e já corresponde a 46% dos gastos com moda, ou seja, ele já deixou de ser um nicho de mercado para se transformar no mercado em si. Quem quer ser líder de mercado tem que ser líder na Nova Classe Média, não tem como fugir disso.

    Como conquistar esse novo consumidor?
    Primeiramente com respeito. É preciso descer do pedestal para entender a Nova Classe Média.

    Que tipo de produto esse novo consumidor deseja?
    Um produto bonito, de qualidade e que ele possa pagar.

    Como a indústria e o varejo de joias podem conquistar o público da Nova Classe Média?
    Primeiramente é mostrando que o produto também é pra ele, e não exclusivo para as classes A e B, e para isso é preciso investir numa comunicação que fale diretamente com os códigos desse consumidor e suas referências culturais, que são bem diferentes da elite. Possibilidades de parcelamento também ajudam este consumidor na hora de comprar.

    Ele precisa de um atendimento diferenciado?
    Ele precisa ser bem atendido como todo cliente, mas odeia excesso de bajulação e vendedor pegajoso que fica atrás e o faz ter a sensação de ser vigiado, como se fosse roubar alguma coisa.

    De que maneira o gosto de novo consumidor interfere nas tendências?
    As empresas precisam entender que o consumidor é quem manda, ele sempre tem razão e as tendências têm que acompanhar. Por isso, a importância da realização de pesquisas periódicas para identificar estes fatores e construir uma estratégia de sucesso.

    Existe a necessidade de se desenvolver produtos específicos para essa população ou apenas mudar o direcionamento das campanhas publicitárias?
    É preciso atuar nessas duas frentes, e a primeira é entender o que esse consumidor quer, ou seja, o que ele gosta e precisa – esse gosto geralmente está atrelado às suas referências culturais, que são bem diferentes da elite.  Esse consumidor também é bastante exigente, e não se importa de pagar um pouco mais pelo produto se tiver certeza que a qualidade é garantida. Ele só não quer ser roubado. Para isso, comunicação é fundamental. Geralmente as próprias lojas criam um cenário intimidador que os repelem. É como se a própria arquitetura lhe dissesse que aquilo não é pra ele.

    Como tornar a marca querida desse público e fidelizá-lo?
    Trabalhar com os códigos que o consumidor conhece, além de oferecer um produto de qualidade com um preço que ele possa pagar, nem que seja em 1O vezes.


    ÚLTIMAS ENTREVISTAS DE Tendências
    06/02/13

    Feliz 2014!

    Patrícia Sant´Anna falou sobre as macrotendências de mercado, moda, consumo e comportamento para médio prazo. Conheça em primeira mão as pesquisas, afine suas antenas e feliz 2014!

    01/01/13

    Brigite Borja de Mozota

    Pioneira no estudo da Gestão de Design e doutora pela Sorbonne (Paris, França), é autora do livro “Design Management”, obra que já foi traduzida para 10 idiomas – inclusive português e chinês.

    Tendências
    COMENTÁRIOS