InfoJoia

RSS

Acompanhe os conteúdos publicados no InfoJoia por RSS.

Todo o conteúdo do Infojoia – link do RSS

LEIA TAMBÉM
TAGS
  • História
  • sustentação
  • marcas
  • setor joalheiro
  • enredos
  • alicerce


  • PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
        NEWSLETTER



       FORNECEDORES

    Cadastre sua empresa:

    77 empresas cadastradas e aumentando ...
    • Aumentar fonte
    • Tamanho normal da fonte
    • Diminuir fonte
    Gestão
    06/04/17

    Conte-me uma história

    Criar histórias é o alicerce de sustentação das marcas empresariais e acreditar nestes enredos é o que deseja o cliente


    por Ecio Morais

     

    A maioria de nós tem guardado na memória uma doce lembrança de uma história de ninar. O livro ‘Sapiens, uma breve história da humanidade’, que se tornou best-seller e já está em sua 19° edição, desenvolve uma tese segundo a qual a capacidade que o ser humano tem para contar histórias se aplica a algo mais que ajudar crianças a pegar no sono.

    Na verdade, essa aptidão para imaginar, abstrair e se comunicar desencadeou uma revolução cognitiva que foi determinante para a supremacia do homo sapiens frente às outras linhagens de espécies humanas há mais de 30 mil anos. Lendas, mitos, deuses, religiões surgiram a essa revolução cognitiva e, segundo o autor, “a nossa capacidade de falar sobre ficções é a característica mais singular dos Sapiens”. Ainda segundo Yuval Noah Harari, o historiador e autor do sucesso editorial, “a ficção nos permitiu não só imaginar coisas como também fazer isso coletivamente. Podemos tecer mitos partilhados”. Exemplos vivos são as ideologias que levam milhares de pessoas a um determinado comportamento. O que é o nazismo, por exemplo, se não uma ideia abstrata que convenceu milhares de alemães? Ainda no limite da abstração, uma nota de U$ 1 nada mais é do que uma promessa feita por alguém, que eu nunca vi ou vou ver, de que um pedaço de papel pode ser trocado por algo que eu desejo

    Portanto, não é difícil perceber que toda cooperação humana em grande escala, seja um Estado moderno, uma igreja medieval, uma megalópole do futuro, se baseia em mitos partilhados e confiança mútua, que só existem na imaginação das pessoas.

    Esse potencial que todos nós temos para criar e acreditar em histórias é o alicerce de sustentação das marcas empresariais no universo do marketing. Seja uma grande empresa ou um pequeno comércio do interior, quanto maior e mais criativa sua capacidade de gerar histórias genuínas de conteúdo, maior é sua capacidade de projetar fantasias e desejo de consumo em seus clientes. 

    Pense nisso. Você está contando boas histórias ao seu cliente? Ao menos está se preparando para isto? 


    ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Gestão
    24/05/17

    Descobrindo a Opala

    AJORIO e FIRJAN levam designers cariocas para conhecer pedra a fim de estimular o uso em novas coleções

    11/05/17

    Para que serve uma Associação de Classe?

    Entidade exerce papel fundamental em prol do setor joalheiro

    + Gestão
    COMENTÁRIOS