InfoJoia

RSS

Acompanhe os conteúdos publicados no InfoJoia por RSS.

Todo o conteúdo do Infojoia – link do RSS

LEIA TAMBÉM
TAGS
  • AJORIO
  • FIRJAN
  • Opala
  • pedra preciosa
  • coleção
  • joias
  • parceria
  • Piauí


  • PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
        NEWSLETTER



       FORNECEDORES

    Cadastre sua empresa:

    77 empresas cadastradas e aumentando ...
    • Aumentar fonte
    • Tamanho normal da fonte
    • Diminuir fonte
    Gestão
    24/05/17

    Descobrindo a Opala

    AJORIO e FIRJAN levam designers cariocas para conhecer pedra a fim de estimular o uso em novas coleções


    Da Redação

     

    A Opala, pedra pouco conhecida pelo brasileiro, encontrada principalmente no interior do Piauí, estará presente nas joias e bijuterias cariocas nas próximas coleções. Isso porque, uma parceria firmada pela Associação dos Joalheiros e Relojoeiros do Estado do Rio (AJORIO) com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN), reuniu lapidadoras de Pedro II, a 195 quilômetros de Teresina, onde fica a maior mina exploratória dessa pedra preciosa no estado, e designers do Rio de Janeiro, visando expandir a troca de experiências entre os mais diversos mercados nacionais. 

    O encontro, que aconteceu entre os dias 17 e 21 de maio e contou com a presença de empresários e representantes de ateliês e do varejo do setor de joias do Rio, não poderia ter sido melhor, segundo a diretora executiva da AJORIO, Angela Andrade: “Em tempos de crise, encontrar novas inspirações para criar e expandir vendas, é um privilégio, e essa foi uma excelente oportunidade”, destacando a riqueza de conhecimentos obtidos, tanto nas explicações sobre as nuances obtidas da pedra, como propriamente a visitação in loco dos pontos de garimpo. 

     

     

    Hoje, o garimpo em Pedro II é totalmente legalizado, e concentra cerca de 100 garimpeiros reunidos em cooperativa local, apoiada pela associação que integra os 25 joalheiros locais. A opala é uma gema preciosa que irradia cores das mais variadas tonalidades. Pedro II, a cidade de pouco mais de 40 mil habitantes, é um dos dois locais no mundo onde é encontrada a opala de alta qualidade, que tanto encantou designers. 

    Essa é a terceira missão sindical apoiada pela AJORIO e pela FIRJAN, desde 2015, levando o empresário a conhecer um pouco mais sobre o setor em outros estados, além de entrar em contato com outros elos da cadeia produtiva, já que eles são muito focados apenas na comercialização. 

    Em 2015, os associados da AJORIO foram a uma missão ao Rio Grande do Sul para conhecer a exploração de ametistas, citrinos e ágatas. No ano passado, foram levados a região de Governador Valadares e Teófilo Otoni, tradicionais centros de produção e comercialização de gemas brasileiras (águas marinhas, topázios, turmalinas).

      


    ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Gestão
    11/05/17

    Para que serve uma Associação de Classe?

    Entidade exerce papel fundamental em prol do setor joalheiro

    01/05/17

    Sindijoias-Gemas incrementa atuação no Rio Doce e Vale do Mucuri

    Delegacia funcionará na sede da FIEMG em Governador Valadares

    + Gestão
    COMENTÁRIOS